Black Friday para quem não tem e-commerce - Antares Comunicação

← Ler todos os artigos

Black Friday para quem não tem e-commerce5 min de leitura

Black Friday para quem não tem e-commerce - Antares Comunicação
A promoção não se limita ao e-commerce e pequenas e médias empresas podem aproveitar o mês de novembro para vender mais.

A Black Friday 2021 deve ser um divisor de águas para o mercado varejista brasileiro, especialmente para as pequenas e médias empresas que estão empolgadas com o fim das restrições impostas pela Covid-19.

De acordo com uma pesquisa recém divulgada da Conversion sobre a data, a intenção de compra dos consumidores chega a 87,75%. Na prática, isso mostra um salto de 14,7% em comparação ao ano passado.

Fora isso, o dado indica que as pessoas estão mais abertas para novas compras durante este período de descontos.

Ou seja, elas ficam mais receptivas e interessadas em conteúdos especializados, como reviews, ebooks, artigos de blog, vídeos com informações relevantes e anúncios direcionados.

Note que a Black Friday 2021 não se limita ao digital. Embora seja um importante canal de vendas, toda empresa consegue participar deste período de compras mesmo sem investir em um e-commerce.

Para mostrar como se posicionar de modo competitivo durante a Black Friday, alcançar mais clientes e aumentar a venda durante este período, hoje, nós da Antares preparamos este artigo e reunimos as melhores dicas para você!

Por que participar da Black Friday mesmo sem e-commerce?

Mesmo com a falta de um e-commerce, ainda é possível investir em outros formatos de comunicação, como as redes sociais e através das mídias pagas, seja no Google ou no Facebook/Instagram.

Isso posiciona o seu negócio de modo mais competitivo e apresenta uma saída para os clientes interessados no seu produto ou serviço economizarem durante a Black Friday.

Ainda de acordo com a pesquisa da Conversion, pequenas e médias empresas encontram dificuldade para converter leads por conta do receio de fraudes. Justamente por isso, os clientes em potencial vão para redes varejistas mais famosas, como Americanas e Magalu.

Uma vez que você não tenha e-commerce e nem aplicativos, é possível utilizar essa dor dos leads a seu favor através de ações mais específicas.

Com isso, eleva-se a quantidade de compras em PDVs ou o número de cotações por meio das redes sociais e canais digitais, como e-mails e formulários.

Dicas de Black Friday para quem não tem e-commerce

A Black Friday nasceu nos Estados Unidos e lá o foco nunca foi os canais digitais. Pelo contrário, os grandes descontos aconteciam unicamente na última sexta de novembro e apenas em lojas físicas.

Nessa data, milhares de pessoas se reuniam e competiam entre si para conseguir os melhores produtos e com os preços mais baixos.

Com o passar do tempo, o evento caiu no gosto de outros países, como o Brasil, que ao longo dos anos fez alterações e não limitou os descontos à última sexta de novembro.

Hoje muitas lojas e redes varejistas decretaram o mês da Black Friday, com promoções e descontos ao longo de todo o mês.

Por esta razão, muitos compradores sequer esperam a data oficial dos descontos.

Como apontou o levantamento da Conversion, 72,65% do público entrevistado pretende comprar assim que verem descontos relevantes. Apenas 27% devem adquirir produtos no dia da Black Friday.

Felizmente, há dicas para você aproveitar o período de desconto a seu favor e com isso aumentar os ganhos da sua empresa. Veja abaixo as melhores práticas para participar da Black Friday 2021 sem um e-commerce!

1. Invista em mídia paga

A mídia paga conta com diferentes possibilidades, permitindo criar formulários de captura ou impulsionar telefonemas para a sua empresa.

No caso da mídia paga nos mecanismos de busca, como o Google, a melhor alternativa é investir na opção de “visita”. Isto é, você paga um valor a mais para ter destaque em rotas no Google Maps.

Com uma copy assertiva sobre a Black Friday 2021, a sua empresa fica bem posicionada e com bastante relevância.

Já através das redes sociais, uma saída interessante é criar peças temáticas do período de desconto e promovê-las entre os seus seguidores.

2. Crie promoções relevantes

A promoção é uma das melhores maneiras de mostrar uma vantagem ao cliente. Da ideia de um desconto até benefícios inéditos, você precisa entender a sua persona na hora de elaborar uma promoção.

Considere as dores e necessidades dos seus clientes em potencial. A partir disso, só então pense em formas de criar uma promoção.

Geralmente, os descontos têm um apelo muito grande, ainda assim nem todas as empresas conseguem reduzir os valores.

Sendo assim, a melhor alternativa é garantir serviços extras ou sorteios durante o mês da Black Friday. Antes de mais nada, considere as informações de vendas e crie alternativas para engajar os serviços mais recorrentes e os produtos mais vendidos.

3. Leia e informe-se sobre a Black Friday

Uma Black Friday de sucesso é baseada em uma estratégia clara e bem direcionada. Para conseguir isso, apenas a leitura se mostra indispensável.

Felizmente, você consegue baixar gratuitamente o infográfico 7 passos para ter uma Black Friday de sucesso. Nele há dicas para a sua empresa vender mais e comentários sobre a lei que regula a Black Friday.

Conheça a Antares Comunicação

Nós da Antares formamos uma agência de marketing e publicidade que conta com 33 anos de expertise nas muitas possibilidades que apenas o marketing proporciona.

Hoje atuamos com o conceito full service e somos partner silver da RD Station, a melhor ferramenta de automação de marketing do Brasil.

Portanto, não perca tempo! Para conhecer mais sobre nossas soluções, entre em contato agora mesmo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Rolar para cima